quarta-feira, 3 de agosto de 2011

SAINDO DAS TREVAS... DE NOVO! (Resgatada por Caco)





Conversando com Caco Araújo Bueno nesta madrugada ao silêncio ritmado do tic tac do relógio de parede verde da sala tive a plena certeza que fui precisa na descrição do meu perfil deste blog, que se inicia hoje as 2h51min, blog este que dá prosseguimento aos meus registros literários do "falecido e enterrado" "COCEIRA NA GARGANTA".
Fiz questão de exportar todos os arquivos desde 2009. Os mais antigos eu joguei na lixeira do velho computador numa crise de "senhor! livrai-me deste castigo que é a literatura!" e com isso perdi anos de escritos. Uma pena, porque não adiantou nada. Desde de 2000 escrevo e deleto, escrevo e deleto, crio blogs e excluo e a teimosia (está lá no meu perfil...) fez com que eu criasse outro blog, este aqui. Desta vez há pelo menos como perceber o processo de amadurecimento e recuo alternados, pois sou instável, (está lá no meu perfil) e vivo entrando e saindo do casulo. Já que o castigo está dado, "vamo que vamo"como diz minha amiga Alba Brito linda de viver que canta com a alma.
É. A coceira na garganta passou, mas a coceira nos dedinhos estava insuportável de tanta vontade de escrever online (meu vício) nada salvo no note e seja lá o que deus ou o diabo quiser.
Que fique claro que estou ressuscitando um morto, praticamente dando uma de Frankenstein, ainda  recolhendo os cacos carnais e os alinhavando. Ainda há tempo para a tempestade, mas como diz o imortal Max Murray, sou impetuosa (está lá no meu perfil...) e não resisto... Estou aqui, de novo, de volta.
"O QUE FICOU GUARDADO", a partir desta data, são registros de prosa e verso de acordo com meu tempo, com minha vontade, sem prazos, sem encomendas. São escritos que compartilho aqui com quem quiser ler embora adianto, no momento sem concisão, sem precisão ao som do canto de pássaros noturnos e do vento que não uiva, URRA na minha janela. Deve ser algo querendo entrar a qualquer custo, ou festejar, ou lamentar a minha cruz literária.
Caco, ainda tenho que conversar muito contigo a respeito de seu doutorado sobre micronarrativa. O Marcelino não me convenceu, mas vou ler Trevisan e Lobo Antunes (não me cobre, no meu tempo). 
Ah! Aviso! Se alguém encontrar post em duplicidade foi a bosta da importação do antigo blog que importou T U D O em duplicidade. Estou tendo o maior trabalhão para resolver isso... 
De mais, obviamente agradeço aqui meu caro amigo e artista CASSIANO RICARDO TIRAPANI (meu chefe também...)  por ceder uma de suas belíssimas obras como ilustração de plano de fundo da tela do recém nascido "O QUE FICOU GUARDADO". Thanks Boss! De coração É nóis queiróiz! Quero comer piruê. Se vira.
Dos dois últimos posts, o que tenho a dizer... ANA e ANA CLÁUDIA é o início de um projeto de Anas que nem começou e já acabou. Um livro de contos. Um livro de Anas. Portanto estão aqui. A terceira Ana  que escrevi perdi nos meus arquivos do note. Enviei por e-mail para o amigo e escritor Flávio Mello ler e me dar uma devolutiva mas... nem sinal de fumaça... A terceira Ana, (ANA CRISTINA) um conto sobre um vibrador e uma poltrona azul, se perdeu. Ficou com Flávio.
Enfim... São dois contos frescos e longos para um blog (não é Caco? Um dia dou trela pra João Cabral), mas como diz o escritor Nilo Oliveira em um de seus posts no blog "DE COSTAS PRO MAR", "quem quiser ler que leia, quem não quiser que veja as figuras". 
Escrevo apenas. Compartilho. É a parte que me cabe nesse latifúndio.
Sozinha (como sempre) desejo bom retorno a mim  mesma.

PS: Rishi, se fodeu! Estava aliviado com o enterro do "COCEIRA", né? Hahahaha!!!! Aqui está "O QUE FICOU GUARDADO"! Hahahahaha! (risadas fantasmagóricas copiadas de menina Edna Bertolim, exímia contadora de histórias).
 EU SOU MÁ!

Paula Miasato

3 comentários:

f.f. disse...

hahahaha somosmais parecidos do q pensei... a instabilidade a respeito da escrivinhadura da liter-atura é uma apurrinhação insolúvel, mas fazer oq?platao tb destruiu o q tinha feito como poeta de pois de virar filósofo e despirocar no maior embuste da história...

Marco A.de Araújo Bueno disse...

Reitero,cara - gosto, muito! O que está latente ainda no teu texto, já está no teu ...perfil. Conte com minha leitura assídua e divulgação elegante, pertinente.

{S}

Paula Miasato disse...

F.F., vc é foda!
Caco, te pago um café, caro.