quinta-feira, 28 de abril de 2011

(obra: Dhiego Rocha)


quero fuçar teu corpo
teu mundo
teu segredo
quero fazer de voce minha
pele
perder você dentro de mim
me perder dentro de você.

voce fuçou meu corpo
invadiu meu mundo
descobriu meus segredos
sua pele grudou na minha
e agora é uma só.
me perdi dentro de ti
voce se perdeu dentro de mim...
de voce
e de nós dois.

(Anjo/Pam)



Um comentário:

Ingrid disse...

Se perdemos nos corpos mas confusos e diferentes nas nossas vidas mas nenhum e igual,acada sentimento trocada uma nova descoberta,a cada corpo novo um novo desejo,talvez ter o que nunca tive mas sentir com o novo algo melhor que o antigo.